Torre inacabada de igrejas já difundia o ‘jeitinho brasileiro’

A inseparável Polaroid de Andy Warhol
20 de fevereiro de 2019
Carnaval no Brasil é antes de tudo manifestação cultural
28 de fevereiro de 2019

Torre inacabada de igrejas já difundia o ‘jeitinho brasileiro’

Algumas igrejas no Brasil foram construídas com uma das torres inacabada. A construção torna-se pitoresca e desperta a curiosidade das pessoas. Dizem de ‘boca a boca’ que foi o ‘jeitinho brasileiro’ de driblar os pesados impostos do governo lusitano na época. Será? 

Essas igrejas estão mais concentradas em algumas capitais do nordeste e foram construídas no período em que predominou a arquitetura barroca. Esta da foto chama-se Igreja Nossa Senhora da Saúde, no Poço da Panela, em Recife, Pernambuco. Ela é pequena e seu interior é  aconchegante segundo alguns fiéis que a frequentam e deixaram depoimento na Google.

Jeitinho brasileiro

Mesmo que o professor de Teologia do Mosteiro de São Bento de São Paulo, Gabriel Frade, tenha afirmado em uma entrevista que a história dos impostos é pura lenda, o oportunismo não é uma atitude tão desconhecida do nosso povo, até hoje.

O ‘jeitinho brasileiro’ é quase um hábito de muitos brasileiros. Alguns até consideram um ato de molecagem subornar um policial que ia aplicar multa, sonegar imposto de renda, diminuir o consumo de água e luz com alguns ‘gatos’ nas ligações.

Barroco

No entanto, o argumento de historiadores, no caso das igrejas barrocas de uma torre só, cujo o projeto inicial no papel era para ter duas, baseia-se na falta de recursos para finalizar a obra.  Mas ainda assim, acho difícil convencer alguém que a falta de recursos só deixou para trás poucos metros de torre, como aconteceu também com a Basílica de Nossa Senhora do Carmo, da capital de Pernambuco.

O estilo Barroco predominou mais nos séculos XVI e XVII e baseou-se no contraste, no exagero e na emocionalidade. Rembrandt foi um dos mais importantes pintores desse movimento que no Brasil teve  o escultor Antônio Francisco de Lisboa, o Aleijadinho, como principal representante.

As igrejas brasileiras construídas entre o período de colonização e o Brasil Imperial expressam na arquitetura o estilo barroco. Como o movimento precedeu o Renascimento trouxe para arte o rebuscado, com pinturas e esculturas dramáticas.

 

 

 

Comentários Facebook

comentarios

Mari Weigert
Mari Weigert
Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma. Acredita nas palavras bem ditas ou 'benditas', ou seja, bem escritas, que educam, que seduzem pelos significados, pela emoção ao informar sobre a arte da vida que se manifesta nas relações afetivas, na criação artística, nos lugares, na natureza e na energia do Universo.

1 Comentário

  1. Mara Silva Lima disse:

    Mais provável que as torres inacabadas sejam mais um indicio de improbidade do que de dramaticidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.