Preciosidades do apartamento de Andy Warhol

TeamLab é arte e alta tecnologia que virou mania
25 de julho de 2018
Podar ou não o maior cajueiro do mundo
9 de agosto de 2018

Preciosidades do apartamento de Andy Warhol

Andy Warhol e Pop-Art são sinônimos um do outro. As Latas de Sopa Campbell e Marilyn Monroe estão entre as obras mais famosas do americano que criticou a cultura popular obcecada por dinheiro e fama, ao mesmo tempo que ele era também. Depois de 30 anos de sua morte, seus objetos e obras valem uma fortuna.

A década de 60 foi a época mais gloriosa para esse artista americano de personalidade emblemática. É dele a frase, ‘No futuro todos serão famosos por 15 minutos’ , que inspirado nela o escritor Erol Anar escreveu no PanHoramarte.

Apartamento em Nova York

O apartamento que passou a viver a partir de 1960 com sua mãe, na Lexigton Avenue, em Nova York, na East 66th Street, no Upper East Side, de 700 metros quadrados demonstrava a sua obsessão. Hoje ele pertence a Tom Freston, presidente da MTV.

Wahorl viveu lá por 14 anos e logo após sua morte, em 1987, depois de uma cirurgia de vesícula, Fred Hughes, o administrador que o acompanhou por 25 anos, contratou David Gamble para capturar em suas lentes tudo que estava dentro do apartamento. Gamble passou 10 dias dentro dele e  descobriu muito sobre o homem Andy Warhol e não o mito.

O banheiro do artista

O fotógrafo britânico disse que uma das coisas que mais o fascinou foi o armário de banheiro de Warhol cheio de produtos, tais como Shelly Marks Potpourri, Xerc BP/10 para tratamento de acne, ExSel sulfeto para o couro cabeludo, uma esfoliação feita a partir de ervas, limpeza de pele, e muito mais.

“Era apenas o o começo do que o artista achava que precisava para enfrentar o mundo”, disse o fotógrafo em uma entrevista.  A fotografia do escritório foi comprada em leilão por 25 mil dólares e hoje encontra-se no Museu de Warhol, na Pennsylvania.

Um homem não um mito

No apartamento foram encontrados também 610 cápsulas do tempo, as famosas caixas de papelão aberta pela primeira vez em 2014, em que o artista preservou e arquivou mais de 300 mil objetos comuns. Em 2000, o apartamento foi vendido para o presidente da MTV e hoje é avaliado em 20 bilhões de dólares. Então, para saber o que realmente pertencia a Warhol, só temos que olhar as fotos de Gamble.

Publicação original Exibart

Comentários Facebook

comentarios

Mari Weigert
Mari Weigert
Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma. Acredita nas palavras bem ditas ou 'benditas', ou seja, bem escritas, que educam, que seduzem pelos significados, pela emoção ao informar sobre a arte da vida que se manifesta nas relações afetivas, na criação artística, nos lugares, na natureza e na energia do Universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.