Deleites em torno de um gato
29 de outubro de 2015
Kafka, uma metamorfose coletiva
1 de novembro de 2015

O Amor Já Acabou

 

Por Erol Anar / Depois que conversamos sobre as complicações do ser humano, você disse: _ “O ser humano tem um metabolismo complicado. Se eu fosse realmente humano e quisesse entender a vida com meu coração e meu corpo, poderia me comunicar com as pessoas ao meu lado e respirar profundamente, então, a vida seria carregada pelos meus ombros. A vida me daria problemas e eu ficaria com eles encontrando soluções”.


Você tem razão, talvez, mas a vida não nos dá apenas problemas, ela nos dá soluções eternas. Nós temos que entender os problemas primeiramente, sem pensar na solução, o mais importante é entender o problema do que solucioná-lo. Falamos que para cada um, seu mar parece um oceano, isso é verdade, cada pessoa fica com seus problemas e vive sua vida a seu modo, porém muito poucas pessoas embarcam no seu navio para o oceano maior das possibilidades que estão dentro deles como recursos.


Sim, nossos navios estão ainda nos esperando, mas eles não vão esperar eternamente.

 

Com amor,

Comentários Facebook

comentarios

Erol Anar
Erol Anar
Erol Anar nasceu em Havza na Turquia, estudou em cursos de Antropologia (durante dois anos), História da Arte (durante dois anos) e pintura (durante um ano) nas universidades de Istambul, Ancara e Samsun. Foi membro da Associação dos Escritores Turcos, trabalhou no Centro de Arte Contemporânea de Ancara onde foi orientador de leitura da obra de Dostoiévski e da literatura universal durante 10 anos. Ganhou prêmios. Escreveu em diversos jornais, vários artigos foram sobre arte, direitos humanos, literatura e a vida cotidiana. Ainda teve entrevistas veiculadas em jornais de diversos países e tem 15 livros publicados no idioma turco.2 Deles foram traduzidos para português.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *