13 de julho de 2015

Lágrimas para um rato

Por Luiz Ernesto Wanke – A noite estava terrível de fria e o preso não conseguia dormir porque seus pensamentos estavam bem longe. Arcides – seu […]
29 de junho de 2015

Um caso peludo

  Por Luiz Ernesto Wanke –  (Este ‘causo’ é antigo, de mais de 60 anos. Ouvi numa barbearia enquanto estava sentado na cadeira cortando o cabelo, […]