Os irmãos Lumière trouxeram mais luz para o mundo. Certamente.

Concederam a condição de dar movimento, cor, imagem e som a tua história, a minha e aos mais belos contos que foram transmitidos oralmente ao longo do tempo.

Nasceu o filme. A sétima arte. Quem não tem um bom filme guardado no cantinho de sua mente para assistir quantas vezes necessitar ou citar num bate-papo sobre a bela fotografia, enredo?

Eis alguns que marcaram para o PanHoramarte

10 de agosto de 2011

O filme “Meia noite em Paris” divide opiniões

A magia de embarcar num carro à meia noite na fascinante Paris e voltar no tempo ao se encontrar com Matisse, Ernest Hemingway, e outros grandes […]
18 de abril de 2015

O homem que desenha com a luz como ninguém

Todos os brasileiros devem se orgulhar por ter como conterrâneo o fotógrafo Sebastião Salgado. O documentário Sal da Terra resume numa linguagem refinada e numa trilha […]
14 de Maio de 2015

A solidão de Alan Turing

Por Lucia Helena Fernandes Stall – “O Jogo da Imitação” do diretor norueguês Morten Tyldum, para mim, um jovem e desconhecido cineasta. Dirigiu também “HeadHunter”. “O […]
28 de março de 2016

Um destaque às Jéssicas do Brasil

  O longa-metragem brasileiro “Que Horas Ela Volta?”, dirigido por Anna Muylaert, recebeu mais um prêmio no Brasil. É importante ressaltar que a história de Jéssica e […]
11 de abril de 2016

O mundo que Greenpeace quis mudar está pior

O documentário “How to change the world” ( Como mudar o mundo), que encerrou o Festival Internacional de Jornalismo, em Perugia, conta a história do maior […]