Deleites é exatamente o que a palavra define. Um prazer intenso, delícia!

Os deleites são tão intensos que podem alcançar delírios, devaneios. Dentro dessa categoria é possível apreciar uma foto interessante que provocou reações sensoriais na pessoa que estava por de trás das lentes, clicando o fato.

Assim como um filme. Principalmente, o filme, que para um espectador pode não acrescenta nada, mas para o outro é um verdadeira obra-prima, capaz de despertar as mais profundas emoções. PanHoramarte convida o leitor a participar junto dos seus deleites!

10 de agosto de 2011

O filme “Meia noite em Paris” divide opiniões

A magia de embarcar num carro à meia noite na fascinante Paris e voltar no tempo ao se encontrar com Matisse, Ernest Hemingway, e outros grandes […]
11 de janeiro de 2015

Deleites em torno da Luz

À luz de velas. Por que nos seduz tanto a iluminação bruxuleante de uma vela acesa? Talvez pelo mistério das sombras…   Gosto de sentir as […]
18 de abril de 2015

O homem que desenha com a luz como ninguém

Todos os brasileiros devem se orgulhar por ter como conterrâneo o fotógrafo Sebastião Salgado. O documentário Sal da Terra resume numa linguagem refinada e numa trilha […]
23 de abril de 2015

Homenagem à Terra pela arte de dois menestréis

Por Lucia Helena Fernandes Stall – No Dia da Terra, quero mencionar dois artistas que falam com o âmago da Terra em suas obras. Primeiro Mia […]
14 de Maio de 2015

A solidão de Alan Turing

Por Lucia Helena Fernandes Stall – “O Jogo da Imitação” do diretor norueguês Morten Tyldum, para mim, um jovem e desconhecido cineasta. Dirigiu também “HeadHunter”. “O […]