Dia de Reis é tempo de folia no Brasil

Biblioterapia – revisão 2017
4 de janeiro de 2018
As banhistas de Pablo Picasso
8 de janeiro de 2018

Dia de Reis é tempo de folia no Brasil

As telas da artista potiguar, Ivanise do Vale, retratam os folguedos populares da alma simples do povo brasileiro. A Festa do Boi de Reis é um dos seus temas favoritos. A Folia de Reis ou Boi de Reis é, hoje, ainda realizada em algumas regiões brasileiras, mas como folclore está se perdendo no tempo. É uma tradição cristã que celebra a visita dos reis magos a Jesus.   

A alegoria muda de acordo com regiões e as brincadeiras também. No entanto, o sentido é o mesmo, reproduzir a viagem dos Magos a Belém, ao encontro de Jesus, com cânticos e dramatização. Mudam os personagens, mas é indispensável a rabeca, o triângulo e o tambor.

No Rio Grande do Norte a folia tem como alvo o boi e a  brincadeira é realizada num ambiente de muita poesia, canto, teatro, um figurino colorido e  pode durar até quatro horas.

Na região Potiguar o boi foi inserido no folguedo pelos criadores de gado. Pouco se sabe sobre a origem e não, necessariamente, é realizado no período de janeiro. Mas os cânticos e as poesias têm como conteúdo o encontro com menino Jesus.

IMG_1415-1-768x1024

Tela de Nivaldo do Vale, artista potiguar. Arte ingênua. Personagens do Boi de Reis.

Mestre: Boa noite minhas senhoras/ e meus senhores também/ sou o mestre da brincadeira/ que todo ano aqui vem/ para brincar o reisado/ todo bonito enfeitado/ Viva Jesus em Belém.

 Mateus: Boa noite para todos/ nessa noite tão singela/ Viva a honra dessa casa/ Os Santos Reis no seu dia/ Viva a nossa brincadeira/ e viva a família inteira/ Jesus, José e Maria. Fonte:mineiropt

Principais personagens da Folia de Reis:

– Três reis magos: representam os reis magos que visitaram Jesus e o presentearam com incenso, ouro e mirra.

– Mestre palhaço: responsável pela animação da festa, através de danças, pulos e brincadeiras.

– Coro: canta as músicas, louvores e entoações de cânticos religiosos.

– Mestre (também conhecido como embaixador): responsável pela organização da festa.

– Bandeireiro: espécie de porta bandeiras da festa. A bandeira geralmente é feita com tecido brilhante e tem a imagem dos três reis magos estampas.

– Festeiro: é em sua casa que geralmente ocorre a cerimônia da  “tirada da bandeira”.

– Banda musical: músicos uniformizados tocando rabeca, violão, sanfona, zabumba, pandeiro, surdo, caixa, triângulo e flauta. fonte: sua pesquisa

 

 

 

Comentários Facebook

comentarios

Mari Weigert
Mari Weigert
Mari Weigert é jornalista com especialização em História da Arte pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Atuou na área de cultura como jornalista oficial do Governo do Paraná. Durante um ano participou das aulas de crítica de arte de Maria Letizia Proietti e Orieta Rossi, na Sapienza Università, em Roma. Acredita nas palavras bem ditas ou 'benditas', ou seja, bem escritas, que educam, que seduzem pelos significados, pela emoção ao informar sobre a arte da vida que se manifesta nas relações afetivas, na criação artística, nos lugares, na natureza e na energia do Universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.